sábado, 9 de abril de 2011

São meros detalhes...

 [...] sobretudo não acredite que seus amigos lhe telefonarão todas as noites, como deviam, para saber se não é precisamente essa a noite em que decidiu suicidar-se ou, mais simplesmente, se não tem necessidade de companhia, se não está com vontade de sair. Oh não, se telefonarem, pode ficar certo, será na noite em que você já não está só, e em que a vida parecer bela.


Trecho do livro - A queda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identificou com o texto? Conte-nos sua história, nos mostre um pouco dos pensamentos e sentimentos que estão guardados ai neste teu peito enferrujado, desabafe.

Ou apenas venha dizer um olá e quem sabe dividir um copo de café conosco (: