domingo, 6 de março de 2016

O sonho de um visconde

Houve um tempo em que sonhar era sinônimo de felicidade.
O jeito mais fácil de matar a saudade.

Hoje, significa enganar a realidade,
Fingir que é um mais um membro feliz da sociedade,
E se iludir com o que nunca vai ser ou ter de verdade.

Sonhar, hoje, é acreditar numa mentira criada pela minha vontade.
De ter, de ser, de me transformar em tudo aquilo que o mundo inteiro já está cansado de ver.
De poder crescer e viver sem me preocupar com porquês.

E me tornar apenas mais um entre milhares, de milhares e milhares...


A verdade é que a gente nunca espera que a vida nos jogue tão longe dos planos que um dia nós fizemos…


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identificou com o texto? Conte-nos sua história, nos mostre um pouco dos pensamentos e sentimentos que estão guardados ai neste teu peito enferrujado, desabafe.

Ou apenas venha dizer um olá e quem sabe dividir um copo de café conosco (: