sexta-feira, 5 de abril de 2013

Sobre idas e vindas

As pessoas se vão
Perdem-se na lembrança
Misturam-se com o tempo
Tornam-se passado.
Se vão caladas, perdidas, sozinhas
Acostume-se com isso.
As pessoas se vão
E um dia
Eu também irei.



"Não solta da minha mão..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identificou com o texto? Conte-nos sua história, nos mostre um pouco dos pensamentos e sentimentos que estão guardados ai neste teu peito enferrujado, desabafe.

Ou apenas venha dizer um olá e quem sabe dividir um copo de café conosco (: