quinta-feira, 10 de março de 2011

Você já deveria saber...

Você já deveria saber sobre o meu tom seco e sarcástico e a minha insuportável mania de falar a verdade, sem me importar com o que os outros vão pensar. Sem me importar se vão ou não continuar gostando de mim mesmo assim.
Já deveria saber que eu nunca precisei fingir que sou uma pessoa boa. Nunca precisei fingir que eu não to nem aí quando eu to mais aí do que aqui. Não faz meu tipo... Me esforço às vezes pra ser romântico, pra acreditar nos planos, para acreditar nas pessoas. Nunca chorei pra convencer. Talvez porque não faço questão de convencer. Como dizem sou direto, frio e seco. Mas, Nada disso é novidade pra ninguém. É só o meu jeito.
Você já deveria saber, que nunca precisei ser meloso pra ser romântico. Nunca precisei fazer esforço pra dizer que amo, nem chorar sem ter vontade. Não sei fazer cena. Meu personagem é o mais puro retrato de mim. Sem máscaras. Deve ser por isso que sou tão chato, intolerante e exigente. Dou 100% de mim e exijo o mesmo em troca. É alto o preço . Cabe á você decidir se vale a pena paga-lo ou não...

Mas é claro, isso você já deveria saber...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se identificou com o texto? Conte-nos sua história, nos mostre um pouco dos pensamentos e sentimentos que estão guardados ai neste teu peito enferrujado, desabafe.

Ou apenas venha dizer um olá e quem sabe dividir um copo de café conosco (: